Você está aqui

Nota de solidariedade aos trabalhadores em greve na Unilever em Vinhedo - SP

 

No dia 29 de setembro, os trabalhadores na Unilever em Vinhedo – SP entraram em greve contra as 130 demissões anunciadas no setor de logística e a terceirização dessa área na empresa. Demitir trabalhadores e contratá-los com salários menores através de empresas terceirizadas é uma prática perversa, não só da Unilever como de todas as grandes empresas, que agora também encontrarão respaldo na reforma trabalhista, que entrará em vigor a partir de 11 de novembro.

Com a aprovação da reforma trabalhista com a terceirização ampla, se não resistirmos à sua implantação nos locais de trabalho, cada vez mais trabalhadores sofrerão com demissões, salários rebaixados e com acidentes ou doenças do trabalho. Por isso, essa é uma luta de todos. Se não resistirmos agora, realizando greves, nosso destino nos locais de trabalho pode ser ainda mais cruel.

Não vamos aceitar que esses ataques sejam implementados, mas para isso é preciso que o conjunto da classe trabalhadora se una e se coloque em movimento. Que lute, faça greve.

Desta forma, o Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira Rio Claro e região repudia as demissões e a terceirização na Unilever. Nos solidarizamos e damos todo nosso apoio aos companheiros que estão em luta contra estes ataques.

 

FIRMES!